Quiere comprar pastillas de potencia Venda De Viagra Brasil La entrega de tabletas se produce en la normal imperceptible el sobre y se respeta la confidencialidad de la.

Rede Cultura homenageia mulheres no dia dedicado a elas

Imprensa

Rede Cultura homenageia mulheres no dia dedicado a elas

Emissora terá uma programação especial para comemorar a data
Foto em destaque

As mulheres estão cada dia mais presentes no mercado de trabalho. Em 2011, foram gerados cerca de 16 mil postos de trabalho femininos no Estado do Pará - o maior número da Região Norte. E elas ocupam postos de destaques em vários órgãos do atual governo, como na Rede Cultura de Comunicação, onde as mulheres estão em cargos como a presidência da emissora, o setor de marketing – onde 80% são mulheres, o administrativo, gerência de jornalismo (TV, Rádio e Portal Cultura) e logística.

 

Para comemorar o dia dedicado às mulheres, a emissora preparou uma programação especial com entrega de rosas tropicais às 117 colaboradoras, além de sorteio de brindes, limpeza de pele, maquiagem, seguido de um coquetel, nesta quinta-feira, 8. O evento está marcado para começar às 11h, no espaço Café Cultura, mas das 9h às 12h, as consultoras da empresa Mary Kay estarão recebendo as mulheres interessadas em participar do tratamento de beleza, no camarim da TV Cultura.

 

A presidente da Rede Cultura de Comunicação/Funtelpa, Adelaide Oliveira, disse que a presença de mulheres em postos de comando da emissora se deve a competência que elas demonstraram. “Na Funtelpa, essas mulheres estão nos cargos que ocupam hoje não só por uma questão de gênero, mas sim, pela competência” reforçou. “E elas ainda trazem, junto com essa competência profissional inquestionável, uma sensibilidade de gênero, um trato diferente”, pontuou.

 

Adelaide comemorou a notícia de que a Comissão de Direitos Humanos do Senado aprovou o Projeto de Lei determinando igualdade salarial entre os gêneros no exercício da mesma função, destaque nos jornais desta quarta-feira, 7, em todo o país. “Eu acho isso fantástico, é uma grande conquista, mas demorou muito pra ser concretizada”, frisou. “Eu acho que, não só no mercado de trabalho, mas em qualquer relação que se estabeleça onde você tenha homens e mulheres, as relações devem ser igualitárias, obviamente respeitando algumas particularidades”, completou.

 

Programação – As homenagens se estendem à TV e Rádio Cultura, com músicas dedicadas às mulheres ao longo da programação. O jornalismo da TV e Rádio vai mostrar matérias especiais sobre o tema. O Sem Censura Pará abordará diversos aspectos do gênero, como a mulher nas artes, na música e o protagonismo feminino.

 

Na sexta-feira, 9, o programa Conexão Cultura ao Vivo continua com as comemorações. A convidada será a cantora Iva Rothe, que vai tocar o repertório do CD Aparecida, criado a partir de pesquisa e de entrevistas realizadas com mulheres em comunidades e municípios paraenses. O programa vai ao ar das 11h às 12h com transmissão pela TV, Rádio e Portal Cultura.

 

História - A ideia da existência de um dia internacional da mulher surge na virada do século XX, no contexto da Segunda Revolução Industrial e da Primeira Guerra Mundial, quando ocorre a incorporação da mão-de-obra feminina, em massa, na indústria. As condições de trabalho, frequentemente insalubres e perigosas, eram motivo de protestos por parte dos trabalhadores.