Quiere comprar pastillas de potencia Venda De Viagra Brasil La entrega de tabletas se produce en la normal imperceptible el sobre y se respeta la confidencialidad de la.

6º Festival Cultura de Verão revitaliza Praça do Carmo

Imprensa

6º Festival Cultura de Verão revitaliza Praça do Carmo

Restauração da praça conta com a participação de vários órgãos, entidades, empresas e voluntariado
6º Festival Cultura de Verão revitaliza Praça do Carmo

A Praça do Carmo, tradicional ponto de eventos culturais da cidade, vai ganhar revitalização completa. É uma ação inédita reunindo órgãos estaduais e municipais, entidades parceiras e moradores da Cidade Velha. A iniciativa é da Cultura Rede de Comunicação e integra as atividades do 6o Festival Cultura de Verão, que vai acontecer em Belém e no interior do Estado durante todo o mês de julho.

 

No final de semana passado, moradores voluntários da Cidade Velha participaram da oficina de capacitação em pintura realizada no Fórum Landi, em parceria com o projeto “Tudo de Cor pra Você”, da empresa Tintas Coral. É a empresa que vai fornecer todo o material para a valorização cromática da Praça do Carmo e seu entorno.

 

Participam da revitalização da praça: a Secretaria de Estado de Obras Públicas (Seop), a Superintendência do Sistema Penitenciário do Estado do Pará (Susipe), a Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Semma), o Fórum Landi e o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan). A iniciativa tem apoio da Associação dos Moradores da Cidade Velha, Faculdade Estácio do Pará e bloco carnavalesco Elka.

 

O Festival Cultura de Verão vai reunir mais de 50 atrações ao vivo, entre shows e espetáculos de teatro, além de exibição de curtas, desfile de moda e ônibus biblioteca. Belém receberá a programação de segunda a quarta-feira e nos finais de semana o evento segue para os municípios de Cametá (dias 06 e 07), Vigia (13 e 14), Bragança (20 e 21) e Soure (27 e 28), sempre com a participação de atrações locais. Toda a programação tem entrada franca. E o festival conta com a parceria da Secretaria de Estado de Cultura (Secult), Fundação Cultural Tancredo Neves, Instituto de Artes do Pará (IAP), Oficinas Bizu e Cooperativa dos Catadores de Materiais Recicláveis.