Quiere comprar pastillas de potencia Venda De Viagra Brasil La entrega de tabletas se produce en la normal imperceptible el sobre y se respeta la confidencialidad de la.

TV Cultura produz documentário sobre Benedito Nunes

Imprensa

TV Cultura produz documentário sobre Benedito Nunes

'Mora na Filosofia' também será exibido por outros canais educativos
Foto em destaque

O filósofo paraense Benedito Nunes, um dos mais importantes intelectuais do Brasil, é tema do documentário “Mora na Filosofia”, que a Rede Cultura de Comunicação lança no próximo mês de novembro. O documentário reúne depoimentos de pessoas que conviveram com o filósofo, falando sobre a personalidade dele e sobre a importância de sua obra para a filosofia e a literatura. Benedito Nunes morreu em 27 de fevereiro de 2011.

Foram reunidos depoimentos que integram o acervo da TV Cultura e produzidas novas entrevistas, em parceria com a produtora TV Norte Independente. Entre as personalidades entrevistadas estão Paulo Chaves, Victor Sales Pinheiro, Lilia Chaves, Décio Guzman, Lúcio Flávio Pinto, Paraguassu Éleres, Ernani Chaves, Eva Andersen, David Jackson, Michel Riaudel, Maria José, Dina Oliveira, Marton Maués, João de Jesus Paes Loureiro, Adriana Klautau e Alonso Rocha, entre outros.

A narrativa parte da casa onde Benedito Nunes viveu durante décadas, localizada na travessa da Estrela, bairro do Marco, em Belém, e do papel que esse lugar teve na vida do filósofo. A proposta é abordar, além do pensamento de Benedito, o lado humano do pensador. Para tanto, cada entrevistado contribuiu com uma visão diferente: Ernani Chaves e Victor Sales abordaram a dimensão filosófica e literária; Dina Oliveira contou como foi conviver, quando criança, com as tias, e Paulo Chaves, por sua vez, lembrou como era a convivência na casa da Estrela, segundo explica o diretor de “Mora na Filosofia”, Júnior Braga.

O documentário se estrutura como um patchwork de fragmentos de depoimentos, fotos, textos e efeitos visuais. A trilha sonora é composta de peças eruditas de Beethoven (compositor preferido do filósofo), executadas por músicos da Fundação Carlos Gomes, e de músicos paraenses como Salomão Habib e Luiz Pardal.

Júnior Braga destaca ainda o depoimento do professor americano David Jackson, para quem Benedito Nunes é a ligação acadêmica entre o Pará e o mundo. “Para o professor, Benedito foi um dos maiores intelectuais brasileiros, e por isso sempre foi chamado a lecionar em instituições na França e nos Estados Unidos, mas fez questão de retornar à sua terra, e assim ficou internacionalmente conhecido como um homem da Amazônia, um homem de Belém”, completa.

Preservar e valorizar esta identidade do gênio que não rompe com as suas raízes é, talvez, uma forma de incentivo a novas gerações de estudantes e pensadores paraenses, acredita Júnior Braga. Ele explica que a principal dificuldade na produção foi selecionar os entrevistados. “São muitas as pessoas que conhecem a obra de Benedito e que poderiam contribuir para o documentário”. A equipe contou com a preciosa contribuição da esposa de Benedito Nunes, a professora Maria Sylvia Nunes, e do professor Victor Sales Pinheiro, organizador da obra do filósofo.

“Mas toda vez que citávamos o nome do professor Benedito, éramos prontamente atendidos, o que demonstra a importância do filósofo e o respeito que as pessoas que conviveram com ele possuem. Mas talvez a maior dificuldade tenha sido entrevistar personagens que residem em outros países, mas conseguimos contornar este fator graças à tecnologia. Com o uso da internet foi possível aproximar os continentes e captar importantes testemunhos a cerca de Benedito”, complementa o diretor.

“Mora na Filosofia” será veiculado pela TV Cultura e por outros canais educativos, participará de festivais e será distribuído entre escolas públicas do Estado, além de universidades do Brasil e do exterior nas quais o filósofo atuou.

A TV Cultura também vai estrear em novembro o programa “Cultura.Doc”, com produções feitas pelos profissionais da produção e do jornalismo da emissora, mais um estímulo à produção audiovisual paraense. E já está no ar o “Curta Cultura”, que exibe filmes, de ficção e documentários, produzidos no Pará e no Brasil.

FICHA TÉCNICA:
Direção geral: Júnior Braga
Direção: Aladim Júnior e Guaracy Jr.
Produção Executiva: Lygia Maria e Rodrigo Cardozo
Produção: Helaine Cavalcante
Direção de Fotografia: Max Lima e Elias Dias
Imagens: Jacob Serruya, Hélio Furtado, Carlos Araújo
Montagem: Mário Costa
Finalização: Aladim Jr.
Pesquisa: Júnior Braga e Lygia Maria
Consultoria: Victor Sales Pinheiro e Maria Sylvia Nunes