Quiere comprar pastillas de potencia Venda De Viagra Brasil La entrega de tabletas se produce en la normal imperceptible el sobre y se respeta la confidencialidad de la.

Campanha do Governo alerta sobre assédio contra mulheres

Campanha do Governo alerta sobre assédio contra mulheres

'Respeite as mulheres em suas diversidades' é o tema da campanha
Campanha do Governo do Pará alerta sobre assédio contra mulheres

Não feche os olhos para a violência contra a mulher, denuncie através do número 180 e ajude a acabar com o que muitos chamam de cultura e outros acreditam que faz parte do universo masculino. Mas, tente se colocar no lugar de uma mulher que sofre assédio. Tente imaginar como deve ser constrangedor, humilhante e degradante para a mulher que passa por uma situação de violência em casa ou em público. É justamente esse exercício que a campanha lançada esta semana pelo governo do Pará quer que você cidadão faça.

 

O vídeo da campanha mostra várias cenas de homens assediando mulheres sozinhas ou acompanhadas em situações cotidianas. Infelizmente, são cenas que ainda estão muito presentes na sociedade brasileira. A campanha: Respeite as Mulheres em suas diversidades, foi lançada nesta Semana da Mulher, justamente para reflexão sobre este momento em que se comemora o Dia Internacional da Mulher, nesta quarta-feira, dia 8 de março.

 

Não fechar os olhos para o problema da violência contra a mulher é uma forma de ser um cidadão solidário, consciente. A campanha estadual é integrada entre vários órgãos, como Secretaria de Comunicação, Secretaria de Justiça e Direitos Humanos, Secretaria de Segurança Pública e Fundação ProPaz e integra o Plano Estadual de Políticas para as Mulheres.

 

O ProPaz Mulher funciona em Belém no bairro do Marco. Também há seis unidades funcionando no interior do Estado, onde as mulheres que sofrem violência são acolhidas por equipes multiprofissionais, uma rede de proteção à disposição das mulheres em situação de risco.

 

A partir da campanha de alerta à sociedade, outras ações integradas pelos órgãos estaduais serão desenvolvidas durante todo o mês de março. Para saber mais acesse: http://pa.gov.br/mulher/