Quiere comprar pastillas de potencia Venda De Viagra Brasil La entrega de tabletas se produce en la normal imperceptible el sobre y se respeta la confidencialidad de la.

TV Cultura do Pará comemora 30 anos de conquistas e desafios

Imprensa

TV Cultura do Pará comemora 30 anos de conquistas e desafios

Foto em destaque
Com uma cobertura que chega a 114 municípios do Estado, a TV Cultura do Pará completa 30 anos nesta sexta-feira, 31, com muitos motivos para comemorar. Atualmente com 68 programas na grade, entre nove atrações locais e 59 nacionais, a emissora possui o mais rico acervo de imagens da TV paraense. São programas, documentários e produções que exaltam a cultura do Estado e mantêm viva essa memória imagética.
 
"Quando a TV Cultura surgiu trouxemos um tipo de interpretação diferente tanto no jornalismo quanto na produção dos programas. É isso que procuramos fazer como TV pública até hoje, já que nós não temos uma disputa comercial pela audiência. Nossa programação é baseada na qualidade e valorização da cultura paraense", explica Tim Penner, diretor da TV Cultura do Pará.
 
Com 30 anos dedicados à emissora, o jornalista destaca as principais mudanças da TV educativa nos últimos anos. A emissora passou a transmitir o sinal em HD em janeiro deste ano e recentemente normatizou o acesso ao acervo de imagens. A TV também passa por um processo de integração e convergência de conteúdos com a Rádio e Portal Cultura, seguindo a tendência das redações jornalísticas atuais.
 
"Cada vez mais o tratamento da notícia ganha uma visão única com essa convergência, sendo que podemos potencializar os conteúdos por meio da internet. Isso nos permite fazer um material mais rico de detalhes e informações. Também passamos a transmitir nossa programação em HD este ano, o que melhorou a nossa qualidade de som e imagem”, completa Penner, destacando que o grande desafio da emissora agora é digitalizar o acervo de imagens, processo que já foi iniciado.
 
Coordenadora de jornalismo da TV Cultura, Paula Maneschy começou a carreira como repórter na emissora há 10 anos. Ela também já passou pela produção, edição, e hoje chefia uma equipe com mais de 15 profissionais. "É um desafio diário fazer jornalismo em uma TV educativa. Nós percebemos que o público quer noticias diferenciadas. O nosso objetivo é abordar o dia a dia da cidade, dos fatos, com um olhar diferente. Queremos levar informação, educação e um olhar crítico para os nossos telespectadores, que são exigentes", explica.
 
Segundo a jornalista, uma característica marcante da emissora é a possibilidade de formação ampla para os profissionais que estão começando. "A faculdade ajuda em nossa formação teórica, mas é nas redações que a gente aprender a ser jornalista. A TV Cultura me deu essa oportunidade de aprender muita coisa, assim como para outros profissionais. É bacana a gente receber muita gente que está começando e repassar esses conhecimentos. Muitos querem trabalhar na emissora", detalha.
 
Hoje a TV Cultura do Pará tem 68 programas na grade, entre nove atrações locais e 59 nacionais. Uma das principais audiências da emissora é o Campeonato Paraense Banpará, transmitido ao vivo há sete anos para 114 municípios. Outros projetos da casa, como o Terruá Pará e o Festival Cultura de Verão, também se tornaram referências em formatos inovadores.
 
"Precisamos entender a comunicação como um direito e um serviço. A TV pública te permite ousar, te permite experimentar novos formatos. Mas não podemos nos acomodar e ter o mesmo perfil das emissoras comerciais. O nosso compromisso é com a cidadania, com os serviços e a população. Temos a obrigação diária de construir essa informação de um jeito mais interessante para o nosso telespectador", completou Adelaide Oliveira, presidente da Cultura Rede de Comunicação.
 
Especiais
 
A partir da próxima segunda-feira (3), às 18h30, o Jornal Cultura exibe uma série de reportagens produzidas pela jornalista Mari Tupiassu. Ela conversou com profissionais que passaram pela TV Cultura e hoje trabalham em outras redações. A série também incluiu os cinegrafistas que estão até hoje na emissora e que tornaram vivas essas histórias.
 
Os profissionais lembraram fatos marcantes e destacaram o carinho pela emissora. “Fiquei emocionado por relembrar e isso mexeu um pouco comigo. Sou grato por pertencer à família Cultura, porque aqui é uma escola e aprendemos muito”, finaliza o repórter cinematográfico Hélio Furtado. Todo o conteúdo da série ficará disponível na página do Jornalismo Cultura no Facebook (www.facebook.com/jornalismocultura).
 
Desde o início do ano, a produção da TV Cultura criou uma programação voltada para os 30 anos, que inclui temporadas inéditas de programas como ‘Invasão’, ‘Protótipo’ e ‘Circuito’. Em razão dos 30 anos, a emissora exibe um videoclipe especial na interprogramação com o grupo Cronistas de Rua, e elaborou um selo comemorativo para compor a identidade visual.
 
Os 30 anos da TV Cultura também serão festejados com show de Dona Onete e Felipe e Manoel Cordeiro. O evento será realizado no Teatro Margarida Shivasappa, nesta sexta-feira, 31, e transmitido ao vivo pela TV, Rádio e Portal Cultura (www.portalcultura.com.br), a partir das 19h.