Quiere comprar pastillas de potencia Venda De Viagra Brasil La entrega de tabletas se produce en la normal imperceptible el sobre y se respeta la confidencialidad de la.

Público prestigia noite de lançamento do "Sonora Pará"

Imprensa

Público prestigia noite de lançamento do "Sonora Pará"

Em sua segunda edição o projeto destacou também o olhar feminino de realizadoras do setor audiovisual.
Público prestigia noite de lançamento do "Sonora Pará"

Foto: Camila Lima / Portal Cultura

 

O Cine Líbero Luxardo, da Fundação Cultural do Pará, ficou lotado para o lançamento da segunda edição do projeto "Sonora Pará", da Cultura Rede de Comunicação, na noite desta segunda-feira, 4. Artistas e produtores foram conferir a série de documentários musicais, com 12 artistas paraenses, sob olhares de 12 realizadores independentes selecionados pela Cultura. Os curta-metragens já começaram a ser exibidos no Portal Cultura e ganham programa especial neste domingo, 10, às 21h, na TV Cultura do Pará.

 

"O audiovisual sempre acompanhou a Cultura, sempre trabalhamos com o realizador independente e a música esteve presente em muitos momentos da Rádio Cultura. Então, o Sonora Pará surgiu dessa união de música e audiovisual. Essa segunda edição teve um resultado muito legal, pois tivemos o cuidado de chamar o olhar feminino, porque sentimos falta desse olhar na primeira edição. É uma linguagem muito rica e única do realizador, que valoriza esses artistas", destacou Adelaide Oliveira, presidente da Cultura Rede de Comunicação. Durante o evento, a presidente também lembrou que em novembro a Cultura deve lançar novo edital, dessa vez voltado para a captação de produtos que possam fazer parte da grade de programação da emissora.

 

Este ano os realizadores escolhidos foram Larissa Bezerra, Ângela Gomes, Carolina Mattos, Adriana Oliveira, Brunno Régis, Rodrigo Bittencourt, Afonso Gallindo, Vitor Souza Lima, Cristiano Santa Cruz, André dos Santos, Júnior Franch e Guto Nunes. No total foram produzidos 36 documentários, sendo 24 curta-metragens com duração entre 30 segundos e um minuto e meio, para exibição na TV e Rádio Cultura, e 12 webdocs de cinco minutos, que vão ser veiculados no Portal Cultura. Os realizadores ficaram à vontade para produzir os curta-metragens musicais, que foram gravados em diferentes cenários do estado. Pelo segundo ano, a curadoria foi da cineasta Jorane Castro

 

Para o músico Léo Chermont, da banda Strobo, o "Sonora Pará" deu oportunidade para vários artistas paraenses serem vistos e explorados sob uma nova perspectiva e linguagem documental. "A Adriana Oliveira (diretora do documentário) deu um toque muito humano sobre a banda, sobre como somos nos bastidores, no dia a dia, mais do que a gente só no palco tocando. O público vai conhecer mais sobre a gente, mais sobre a nossa essência, vai entender o que é o Strobo. Também quero destacar essa iniciativa da TV Cultura, que sempre dá oportunidade para os artistas em trabalhos legais, diferentes. A emissora sempre deu oportunidades para todos nós artistas paraenses. É sempre um presente pra gente estar nos trabalhos da Cultura", observa Chermont.

 

Animada na noite de exibição no Cine Líbero, a cantora Iva Rothe conta que ficou feliz com o resultado do trabalho. Ela foi dirigida por Brunno Régis em música gravada exclusivamente para o curta-metragem. A produção explora o lado teatral da cantora, que aparece acompanhada de músicos na canção "Maria do Pará". "É uma sensação muito boa se ver na tela, é uma alegria muito grande não só para mim, mas como para todos os artistas do projeto. Ficaram lindos todos. Fico profundamente feliz e grata pelo reconhecimento da Cultura com meu trabalho que está em processo de construção. Outro presente foi trabalhar com o Brunno Régis, que foi magnífico na elaboração do documentário, nos detalhes", contou ela, emocionada.

 

A documentarista Ângela Gomes ressaltou que o projeto é uma grande oportunidade para o realizador, já que o audiovisual paraense tende a crescer junto com a produção brasileira. “O conceito é muito interessante, porque aborda o que temos de mais genuíno, que são as diversas vertentes da nossa música, desde as bandas do interior, que são uma tradição, até artistas mais modernos. Da mesma forma, reúne realizadores experientes e outros que estão começando a trilhar esse caminho, mas já com alguma experiência”, observa ela, que produziu o documentário sobre a Banda União Vigiense, do município de Vigia, nordeste paraense.

 

Todos os documentários musicais do "Sonora Pará" serão exibidos em programa especial neste domingo, 10, às 21h, na TV Cultura do Pará. Já na Rádio Cultura, os teasers começaram a ser veiculados no início de agosto e, a partir de quinta-feira, 7, entram os spots de um minuto e meio com os artistas.

 

Na internet, os trabalhos já começaram a ser veiculados na página do Portal Cultura no Facebook, e no canal do Portal Cultura no Youtube, já estando disponível o episódio com o músico Jaloo.

 

Participantes da segunda edição do Sonora Pará:

 

Realizador/ Músico

 

Júnior Franch – Jaloo

 

Cristiano Santa Cruz – Espanta Cão

 

Adriana Oliveira – Strobo

 

Vitor Souza Lima – Leila Pinheiro

 

Guto Nunes – Mestre Damasceno

 

Carolina Mattos – Luê

 

André dos Santos – MG Calibre

 

Ângela Nelly – Clube Musical União Vigiense

 

Larissa Bezerra – Paulo José Campos de Melo

 

Rodrigo Bittencourt – Adamor do Bandolim

 

Brunno Régis – Iva Rothe

 

Afonso Gallindo – Wanderley Andrade