Quiere comprar pastillas de potencia Venda De Viagra Brasil La entrega de tabletas se produce en la normal imperceptible el sobre y se respeta la confidencialidad de la.

Salmonela nos alimentos pode trazer riscos à saúde

Rádio Cultura

Salmonela nos alimentos pode trazer riscos à saúde

Ministério da Agricultura recebeu 410 notificações sobre a presença da bactéria em alimentos de origem animal no país.
Publicado em 13/03/2018
Ministério da Agricultura recebeu 410 notificações sobre a presença da bactéria em alimentos de origem animal no país.
Salmonela nos alimentos pode trazer riscos à saúde

Imagem: Wikipedia Commons

Reportagem: Brenda Freitas

Edição: Cássia Nascimento

 

A operação Carne Fraca da Policia Federal, em conjunto com o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), desarticulou recentemente um esquema de fraude na fiscalização da presença de salmonela em alimentos de origem animal que seriam exportados para 12 países. Em 2017, o Mapa recebeu 410 notificações sobre presença da bactéria nos produtos importados do Brasil.

 

No Estado do Pará, a regulação dos alimentos de origem animal é feita pela Sespa, Adepará e outros órgãos de proteção e defesa do consumidor. O chefe da Divisão de Controle da Qualidade dos Alimentos da Vigilância Sanitária, Milton Gomes, informa que o consumidor deve sempre ficar atento se o alimento foi inspecionado e que se houver alguma dúvida o melhor a fazer é cozinhar bem o alimento.

 

“Essa bactéria é sensível ao calor, se você não ingerir produtos crus ou semi-crus, não há risco nenhum de você ser contaminado. Quando há presença dessas bactérias nesses produtos é porque houve uma falha nos procedimentos de boas práticas de fabricação. Todo e qualquer produto de origem animal deve ter procedência, não se deve comprar produtos que não tem inspeção sanitária. Essa inspeção é feita exclusivamente pelo médico veterinário e esses produtos são controlados, fiscalizados, registrados pelo Ministério da Agricultura e pela Adepará”, explica.

 

A salmonela é comum na carne de aves por fazer parte do intestino desses animais. Mas se essa bactéria for submetida a altas temperaturas ela pode ser destruída. A nutricionista Tayonara Tocantins esclarece que a salmonela só se torna perigosa se estiver presente nos alimentos em uma quantidade muito grande. E alerta que entre os perigos da ingestão de altos índices da bactéria existe, por exemplo, a infecção intestinal.

 

“O problema é quando vem em uma quantidade exacerbada de contaminação. E o risco é de desenvolver uma doença chamada Salmonelose ou uma infecção intestinal, mais comumente conhecida. Essa doença não causa danos graves mas causa um agravo à saúde, pode-se ter diarreias, febres e vômitos, principalmente em crianças que, quando acometidas, o quadro de desidratação por conta da diarreia pode se agravar muito”, alerta.

 

Controle de qualidade

 

A Agencia de Defesa Agropecuária do Estado afirmou em nota que acompanha todos os procedimentos higiênicos e sanitários de recepção da matéria prima e de seu beneficiamento. O órgão assegura também que realiza o controle da qualidade da carne de frango de maneira rígida. E que em seu último levantamento, detectou apenas 3,8% da bactéria salmonela na produção de frango do Pará. O índice está abaixo dos padrões de risco nacionais que estipula até 20% de presença da bactéria.