Quiere comprar pastillas de potencia Venda De Viagra Brasil La entrega de tabletas se produce en la normal imperceptible el sobre y se respeta la confidencialidad de la.

Sammliz mostra ao público seu primeiro show do ano

Música

Sammliz mostra ao público seu primeiro show do ano

Com destaque para as músicas do disco “Mamba”, a apresentação será nesta sexta (16), em Belém.
Sammliz mostra ao público seu primeiro show do ano

Foto: Liliane Moreira

Vídeo: Divulgação

 

A cantora e compositora paraense Sammliz apresenta nesta sexta (16), no Sesc Boulevard, em Belém, "Mamba - Show Especial Mês da Mulher Perigosa", seu primeiro show do ano, com composições inéditas, experimentações sonoras e músicas do seu primeiro álbum solo, “Mamba”.

 

Apresentado no mês em que se comemora o Dia Internacional da Mulher, o show conta com a participação da banda da cantora formada por Leo Chermont (Guitarra), Sabá (Guitarra), Dan Bordallo (Teclados/Synth ) e Jr Feitas (Bateria). A apresentação também trará surpresas ao público e releituras de compositoras consagradas nacionalmente.

 

“Mamba” - Lançado em 2016 pelo selo Natura Musical, o disco é quase 100% autoral, com produção assinada pela própria artista, por Leo Chermont (Strobo), João Lemos (Molho Negro) e com direção artística de Carlos Eduardo Miranda.

 

Pesado, pop, vigoroso e sombrio, o álbum traz um diário de alegorias sobre o tempo, o amor, a morte e a esperança, além de fortes simbolismos sobre as forças da natureza e a mística feminina. O disco constou nas principais listas de sites e jornalistas especializados em música como um dos melhores lançamentos nacionais de 2016. Em 2017 Sammliz lançou o single do clipe “Deusa da Lua (Mulher Perigosa)”. Em parceria com Dona Onete, o trabalho esteve presente em várias listas de melhores clipes nacionais do ano.

 

 

Sobre a artista – Sammliz possui uma trajetória marcante na música feita por mulheres no Pará, principalmente quando se fala em rock. A cantora fez parte da pioneira banda feminina “Morganas” nos anos de 1990, com um som baseado no estilo punk/hard core e letras politizadas. Em 2000 ela voltou à ativa com a banda “Madame Saatan”, emblemático grupo paraense que misturava ritmos como trash metal e hard core trabalhados em cima de letras instigantes escritas e cantadas em português. A banda chamou a atenção pela qualidade da sua música independente e autoral produzida fora do eixo RJ-SP à época.

 

Serviço: "Mamba - Show Especial Mês da Mulher Perigosa" será apresentado nesta sexta (16), às 19h, no Centro Cultural Sesc Boulevard (Av. Boulevard Castilhos França, 522/523, Campina). A entrada é franca e mais informações podem ser obtidas pelo telefone (91) 98425-6171.