Quiere comprar pastillas de potencia Venda De Viagra Brasil La entrega de tabletas se produce en la normal imperceptible el sobre y se respeta la confidencialidad de la.

Notícias inventadas podem afetar o processo das eleições

Rádio Cultura

Notícias inventadas podem afetar o processo das eleições

Publicado em 16/05/2018
Notícias inventadas podem afetar o processo das eleições

Reportagem: Brenda Freitas

Edição: Cássia Nascimento

Foto: TSE (Reprodução)

 

As fake news, que tomaram uma dimensão maior em 2015, são um conjunto de notícias fraudulentas que tem a intenção de causar algum dano à pessoa ou grupo atingido. Em especial na política, as fake news, podem trazer um clima de desconfiança sobre a garantia dos direitos fundamentais políticos do cidadão. “Toda desinformação polui o ambiente, a ponto de deixar as pessoas com menos segurança, mais incertezas e mais vulneráveis”, explica o doutor em Direito Constitucional pela PUC, professor Diogo Arrais.

 

Para identificar uma fake news é fácil. A linguagem pode servir de alerta, por exemplo. Geralmente elas são notícias escritas em terceira pessoa, utilizam expressões negativas, de raiva e vibrantes, atacando algo ou alguém. Além do papel do cidadão em identificar essas notícias, existem os desafios tecnológicos para combater as fake news. Algumas delas já estão sendo desenvolvidas, mas não em um ritmo muito rápido.

 

“Existem, sim, formas de desenvolver esses algoritmos, essas ferramentas que a gente poderia chamar de “anti fake news” mas isso ainda está num estágio de maturidade bem inicial na comunidade. Eu, particularmente, acredito é que possível desenvolver algumas técnicas relativamente eficientes num espaço de tempo curto. Talvez um ou dois anos seja possível ter essas ferramentas”, destaca o doutor em Engenharia da Computação, professor Leandro Nunes Castro.

 

Eleições 2018

 

Para as eleições de 2018, o Tribunal Regional Eleitoral do Pará está preparado para responder qualquer caso relacionado com as fake news. “O Ministério Público identificando algum tipo de ilícito que seja envolvido com fake news, o Tribunal tem o dever de responder e nessa resposta ele deve possuir meios para conseguir investigar as fake news. Então, uma notícia dessa, através de vários mecanismos eletrônicos que existem, de robôs, ela é massivamente impulsionada e ela alcança a todos. E nesse sentido, o Tribunal quando provocado tem vários meios pra reagir, seja pela Polícia Federal seja com apoio do Ministério Público e avaliando, decidindo, ele consegue tomar decisões que vão tirar essas fake news das redes sociais dentro dos limites tecnológicos que existem hoje”, ressalta o secretario de Tecnologia da Informação do TRE, Felipe Brito.

 

Hoje a legislação brasileira já prevê punibilidade para quem contrata exércitos digitais a seu favor nas redes, o que pode se configurar em abuso pelo dano que a notícia fraudulenta provoca e o candidato ser retirado do processo eleitoral. Mas a população não pode também deixar se agir. O papel do cidadão e de usuário é ser responsável e sempre verificar a veracidade das notícias a que é exposto.