Quiere comprar pastillas de potencia Venda De Viagra Brasil La entrega de tabletas se produce en la normal imperceptible el sobre y se respeta la confidencialidad de la.

Programa Catalendas é tema de exposição

Programa Catalendas é tema de exposição

Realizada pelo curso de Museologia da Ufpa, a mostra traz uma narrativa sobre a atração infantil exibida pela TV Cultura do Pará
Programa Catalendas é tema de exposição

Foto: TV Cultura do Pará (Arquivo)

Por: Lourival Borges / Portal Cultura

 

O universo de um dos programas mais emblemáticos já transmitidos pela Cultura Rede de Comunicação, o Catalendas, é tema da exposição “Eu vou, mas eu volto! Catalendas e o Imaginário Amazônico na TV” que a turma do ano 2015 do curso de bacharelado em Museologia da Universidade Federal do Pará realiza no período de 06 de junho a 06 de julho de 2018, no campus da UFPA, em Belém.

 

A mostra faz parte das atividades curriculares do curso e tem por objetivo apresentar ao público uma narrativa com foco na trajetória do programa em questão e a sua importância em apresentar, por meio da televisão, toda a diversidade de saberes que fazem parte do nosso imaginário e da cultura amazônica.

 

"Eu vou, mas eu volto!" tem como acervo um conjunto de cenários e bonecos referentes aos personagens e paisagens, com predominância amazônica, que fizeram parte do programa Catalendas. A Curadoria é da própria turma de Museologia que, de maneira coletiva, trabalhou com essa proposta desde o 5º semestre do curso até o semestre atual.

 

A escolha do Catalendas como objeto da exposição surgiu durante a disciplina “Elementos da Exposição”, na qual a turma desenvolveu um conjunto de projetos com temáticas variadas para que, ao final, por meio de votação, fosse escolhido uma que seria a da Exposição Curricular.

 

A ideia para esse tema partiu da vivência em teatro de uma discente da turma que considerou relevante o programa televisivo Catalendas por conta da pluralidade de seu acervo, tanto em relação aos personagens principais, Dona Preguiça e Preguinho, quanto à sua diversidade de narrativas orais que fazem parte da memória afetiva dos telespectadores da TV Cultura do Pará.

 

Além disso, a exposição também traz como proposta fomentar pesquisas – construir um histórico do programa, perspectivas sobre ele ser considerado um patrimônio material e imaterial, estudos sobre narrativas mito-poéticas e as vivências da população da Amazônia paraense - e ações museológicas, tais como higienização conservação, documentação e comunicação do acervo que estamos trabalhando.

 

Sobre o Catalendas - Produzido pela Companhia InBust – Teatro com Bonecos, o Catalendas, programa infantil com temática amazônica, foi exibido pela TV Cultura do Pará, única televisão brasileira a apresentar uma atração às crianças com esse tema, entre os anos de 1999 e 2013. Além dos municípios paraenses que recebem o sinal da TV Cultura, o Catalendas também foi exibido nacionalmente através da TV Brasil e do Canal Ra-Tim-Bum e em alguns países do continente africano por meio da TV Brasil Internacional.

 

Apresentado por dois personagens inesquecíveis e típicos representantes das nossas florestas, a Dona Preguiça e o macaco Preguinho, o programa recontava, através da magia do teatro de bonecos, narrativas e lendas populares na televisão, valorizando a nossa cultura e estimulando a curiosidade do público, sobretudo das crianças.

 

História - O primeiro episódio do Catalendas, intitulado “O Curupira”, foi ao ar no dia 11 de novembro de 1999, depois do lançamento do programa na V Feira Pan-Amazônica do Livro. No mesmo ano, como parte do processo de pesquisa, a equipe de produção do programa participou do III IFNOPAP (Imaginário nas Formas Narrativas Orais Populares da Amazônia), projeto realizado pela Universidade Federal do Pará. 

 

No primeiro ano do Catalendas foram exibidos 10 episódios. Os 14 episódios produzidos em 2011 e 2012 marcaram um novo começo para a atração, que passou a ser gravada com o uso de equipamentos de captura de imagens em alta resolução (Full HD), mas sem perder a poética artesanal do fazer com as mãos, algo que estimula a imaginação infantil e divulga a oralidade amazônica para o Brasil e o mundo. Em 2013 foi gravada a última temporada do programa.

 

Serviço – A exposição “Eu vou, mas eu volto! Catalendas e o Imaginário Amazônico na TV” terá seu vernissage no dia 6 de junho, às 10h, e segue até o dia 6 de julho/2018 no laboratório de montagem expográfica que funciona no prédio anexo da Faculdade de Artes Visuais da Universidade Federal do Pará (campus Guamá). A visitação pode ser feita de segunda a sexta-feira, no horário de 9h às 12h e de 14h às 17h. Escolas podem agendar visitas monitoradas através do e-mail exposiçãocatalendas@gmail.com.