Quiere comprar pastillas de potencia Venda De Viagra Brasil La entrega de tabletas se produce en la normal imperceptible el sobre y se respeta la confidencialidad de la.

Programa Catalendas ganha livro da Cultura Rede de Comunicação

Programa Catalendas ganha livro da Cultura Rede de Comunicação

Publicação conta bastidores da atração que foi exibida pela TV Cultura do Pará
Programa Catalendas ganha livro da Cultura Rede de Comunicação

Foto: Camila Lima / Portal Cultura

 

O programa Catalendas ganhou um livro que vai revelar os bastidores da atração exibida entre os anos de 1999 e 2013 pela TV Cultura do Pará. Intitulado "Catalendas: uma história de bonecos na TV", o livro é organizado pela Cultura Rede de Comunicação e será lançado nesta sexta-feira (21), às 19h, no Cine Líbero Luxardo,  em Belém, com programação aberta ao público.

 

Com 204 páginas, o livro foi escrito e organizado pelo jornalista Guaracy Brito Júnior, com projeto gráfico de Paulo Maurício, produção de Glenda Abud, Aline Chaves, e consultoria de David Matos. Este dois últimos são integrantes da Companhia In Bust – Teatro com Bonecos, grupo que deu vida aos famosos personagens Preguinho e Dona Preguiça. David foi o manipulador do macaquinho peralta, que é lembrado até hoje pelos fãs e admiradores do programa. 

 

"É emocionante ver o efeito que o Preguinho e o programa ainda causam nas pessoas! Fomos gravar algumas chamadas para o canal do YouTube e passamos com o boneco pelo jornalismo da TV Cultura e todos pararam para ver o Preguinho. A emoção é verdadeira! A relação não é comigo, mesmo eu estando lá do lado do boneco, falando, a relação é direta com o Preguinho. Depois de tanto tempo é algo fantástico", conta David. 

 

Com fotos de Camila Lima e ilustrações de Dani Sá, a ideia o livro é contar um pouca da história do programa que até hoje é presente no imaginário do paraense. Para isso, foram entrevistados o jornalista Nélio Palheta, presidente da Cultura à época da primeira temporada, Sônia Freitas, idealizadora do projeto, o jornalista Roger Paes, diretor do programa, e Indaiá Freire, que participou do começo das produções. Além desses entrevistados, o livro também traz histórias com os profissionais da Companhia In Bust - Teatro com Bonecos como Anibal Pacha, David Matos, Adriana Cruz, Paulo Ricardo e Aline Chaves, além da consultora pedagógica Zéa Fares. A publicação traz ainda o recurso de QR Code, onde os leitores, por meio do celular, poderão ouvir duas músicas da trilha sonora do programa criadas pelo músico Fábio Cavalcante. 

 

"A minha ideia principal foi trazer a dinâmica de produção do programa e mostrar como se dava essa relação entre a equipe de produção, os bonecos e o cenário. Também procuro mostrar como foi juntar a linguagem de teatro com a linguagem da TV porque o Catalendas foi o pioneiro nisso. Então, eu mostro todas as etapas, desde a pesquisa inicial, passando pela produção do programa, até a ilha de edição. Também procuro mostrar que o Catalendas surgiu como programa para valorizar a nossa cultura regional", detalha Guaracy Brito Júnior.

 

Guaracy conta que dedicou um capítulo especial do livro para os fãs do programa. Oito deles foram selecionados e escreveram cartas saudosistas para Dona Preguiça e Preguinho. "Esse capítulo é fantástico! Lendo as cartas a gente percebe que o Catalendas conseguiu tudo que procurou, pois passou amor, passou a importância da nossa cultura, e principalmente destacou valores morais. Também dá para perceber o laço afetivo que foi criado com os personagens principais", completa o autor. 

 

A jornalista Indaiá Freire participou de todo processo de concepção do programa em 1999 e foi a primeira produtora do Catalendas na TV Cultura do Pará. "Sempre fui apaixonada pelo programa, era uma coisa que eu fazia com muito amor e prazer. Foi o programa que mais me identifiquei porque eu sempre gostei de mitologia, de contos, de lendas, e eu era responsável por fazer a pesquisas dos temas que entravam no programa. Também sugeria desenhos e adereços para os bonecos. Foi um aprendizado muito grande. Fico muito feliz com o sucesso que o Catalendas alcançou", conta. 

 

Diretor e criador do programa, o documentarista Roger Paes considera a atração como um "divisor de águas" para a carreira como diretor de conteúdo da TV Cultura do Pará. "O Catalendas fez eu reunir duas linguagens as quais me especializei: o teatro e a televisão. Então, no programa, eu pude experimentar a linguagem do teatro com bonecos na televisão. Também me tornei um grande roteirista e diretor de ficção porque eu dirigia os atores que estavam por trás dos bonecos e suas intenções. Além disso, comecei a entender melhor o universo do teatro com bonecos e a trabalhar com a luz em estúdio, isso sem mencionar o processo de pesquisa", completa Paes. 

 

O lançamento do livro "Catalendas: uma história de bonecos na TV" será nesta sexta-feira (21), as 19h, no Cine Líbero Luxardo, da Fundação Cultural do Pará.  Neste dia, alguns episódios do programa serão exibidos para o público. Exemplares do livro também estarão a venda no hall do cinema.  O livro também poderá ser encontrado Loja Na Figueredo. 

 

Canal - Em novembro, a Cultura Rede de Comunicação lançou um canal no YouTube com antigos episódios do Catalendas. A cada semana, a página é alimentada com outras histórias de Preguinho e Dona Preguiça. Além dos episódios, os internautas podem conferir oito entrevistas exclusivas com a equipe de produção do programa.  

 

Sucesso - Produzido pela Companhia In Bust – Teatro com Bonecos, em parceria com a TV Cultura do Pará, o Catalendas foi exibido pela TV Cultura do Pará entre os anos de 1999 e 2013. Além dos 115 municípios paraenses que recebem o sinal da TV Cultura, o programa foi veiculado em rede nacional pela TV Brasil, TV Cultura (SP), e no Canal Rá-Tim-Bum. 

 

No total, o Catalendas possui 115 episódios gravados entre os anos de 1999 e 2013. Foram 10 anos de produção e muitas histórias para contar. Só para se ter uma ideia, a audiência do programa na TV Cultura (SP) foi tão grande que chegou a marcar quatro pontos no Ibope. Mas o Catalendas também fez sucesso em alguns países do continente africano por meio da TV Brasil Internacional.

 

Serviço: O livro "Catalendas: uma história de bonecos na TV" pode ser encontrado na Loja Na Figueredo (Avenida Gentil Bitencourt, 449). Verificar também a disponibilidade no Departamento de Marketing da Cultura Rede de Comunicação (Rua dos Pariquis, 3318, entre Três de Maio e Nove de Janeiro). Informações: 98564-2276.