Quiere comprar pastillas de potencia Venda De Viagra Brasil La entrega de tabletas se produce en la normal imperceptible el sobre y se respeta la confidencialidad de la.

Premiado longa argentino estreia no Cine Líbero Luxardo

Cinema

Premiado longa argentino estreia no Cine Líbero Luxardo

O filme “As Filhas do Fogo” será exibido, nesta quinta-feira (04), às 20h
Premiado longa argentino tem estreia no Cine Líbero Luxardo
Estreia nesta quinta-feira (04), às 20h, no Cine Líbero Luxardo, o filme “As Filhas do Fogo”, de Albertina Carri. O enredo aborda a representação do sexo no cinema, acompanhando um grupo de mulheres lésbicas em uma jornada poliamorosa pela Argentina. A entrada é gratuita para estudantes na sessão de estreia, e nos outros dias o ingresso custa R$12, com meia-entrada a R$6.
 
Na trama, insatisfeitas com suas próprias vidas, três mulheres independentes de meia-idade se encontram por acaso, bem longes de suas casas, e começam a se relacionar de maneira poliamorosa. Quando percebem que estão livres daquilo que acreditam ser regras sociais possessivas, elas decidem formar um grupo cujo propósito é libertar outras mulheres que estejam passando pelos mesmos problemas.
 
Vencedor do prêmio de Melhor Filme Argentino no Festival Internacional de Cinema Independente de Buenos Aires - BAFICI 2018, “As Filhas do Fogo” é o quinto longa-metragem de Carri, roteirista graduada pela Fundación Universidad del Cine (FUC). Sensação no festival, o filme representa o desejo feminino e tem exibições no Cine Líbero Luxardo, da Fundação Cultural do Pará (FCP), nos dias 04, 05, 07, 09 e 10 de abril, sempre às 20h.
 
Sessões Regulares
 
As Filhas do Fogo (Las Hijas Del Fuego | 2018 | Argentina | Albertina Carri | Drama / erótico | 116 min. | 18 anos | Legendado)
 
Local: Cine Líbero Luxardo, da Fundacão Cultural do Pará (Av. Gentil Bittencourt, 650-Nazaré)
 
Dias: *04, 05, 07, 09 e 10 de abril
 
Hora: 20h
 
*Projeto Plateia: Entrada franca para estudantes na sessão de estreia
 
Ingresso: Inteira: R$ 12,00 | Meia: R$ 6,00
 
Fonte: FCP