Quiere comprar pastillas de potencia Venda De Viagra Brasil La entrega de tabletas se produce en la normal imperceptible el sobre y se respeta la confidencialidad de la.

Programação do Cine Olympia de setembro

Cinema

Programação do Cine Olympia de setembro

Confira os filmes que vão entrar em cartaz ao longo do mês
Foto em destaque

A programação do Cinema Olympia de setembro está cheia de opções, com sessões realizadas de terça a sexta-feira, às 18h30, e aos sábado, domingos e feriados, às 16h30. Todas com entrada gratuita.

 

De 5 a 11 de setembro – “Séraphine”

Na quinta-feira (5), às 18h30, começa a exibição de “Séraphine”, de Martin Provost, que fica em cartaz até o dia 11, com exceção da terça-feira (10). Baseado em fatos reais, o filme conta a história da pintora primitiva Séraphine de Senlis Louis, que trabalhou como empregada na casa de uma família rica em Senlis, na França. Durante décadas, Séraphine nutriu uma paixão secreta pela pintura, a que se dedicava à noite, após o trabalho. Ela foi descoberta por acaso, pelo famoso colecionador alemão de arte Wilhelm Uhde. Surpreso com o enorme talento de Séraphine, Uhde decide revelá-la ao mundo e mudar a vida dela.

 

10 de setembro – “Cinema e Música”

A atração é o projeto “Cinema e Música”, que exibe filmes clássicos do cinema silencioso, com acompanhamento ao vivo no piano do músico Paulo José Campos de Melo. O filme que será exibido é “O Cão dos Baskervilles”, de 1921, com direção de Richard Osvald.

 

De 12 a 18 de setembro – “Fukushima, Meu amor”

“Fukushima, Meu Amor”, de Doris Dorrie, entra em cartaz com a história da jovem alemã Marie (Rosalie Thomass), que foge dos sonhos e decide viajar após a ruptura com um grande amor. Ela vai ao Japão, para participar do Clowns4Help, uma organização da Prefeitura de Fukushima, que envolve as vítimas dos terremotos de 2011. No local, Marie conhece Satomi (Kaori Momoi), uma idosa com quem desenvolve vínculos.

 

De 17 a 20 de setembro – Curta Olympia

O projeto, que exibe curtas metragens locais e nacionais, vai mostrar o filme “Do Barro à Arte”, que começa a ser exibido no dia 17 e segue até o dia 20, às 18 horas. Após a exibição, as sessões com os filmes das 18h30 voltam normalmente.

 

De 19 a 25 de setembro - “Os Guarda Chuvas do Amor”

A trama é um filme contra a guerra, contra a ausência e contra tudo aquilo que odiamos e que destrói a felicidade de Geneviève Emery (Catherine Deneuve), cuja mãe é dona de uma loja de guarda-chuvas, e que ama Guy Foucher (Nino Castelnuovo), um jovem mecânico. A mãe de Geneviève não vê com bons olhos o romance e prefere ver a filha casada com Roland Cassard (Marc Michel), um rico comerciante de diamantes. Guy é convocado para a guerra da Argélia e Geneviève se entrega a ele antes da partida. Mas, Geneviève se casa com Marc, que se propõe a criar o bebê que ela espera, como se fosse dele.

 

De 26 de setembro a 2 de outubro - mostra dedicada ao cineasta espanhol Carlos Saura

O diretor Carlos Saura nasceu em 4 de janeiro de 1932, na aldeia de Huesca, e é considerado uma das mentes mais brilhantes da Sétima Arte, sendo vencedor de vários prêmios em festivais de cinema ao redor de mundo. Uma das marcas de Saura são as tramas que têm como pano de fundo da ditadura de Francisco Franco, na Espanha, além de filmes que difundem a música e a dança espanhola.

Os filmes a serem exibidos são “Ana e os Lobos” (dia 26); “Mamãe faz 100 Anos” (dia 27); “Bodas de Sangue” (dia 28); “Cria Cuervos” (dia 29); “Carmem” (dia 1º de outubro) e “Elisa, Minha Vida” (dia 2 de outubro).

 

Foto: Divulgação