Quiere comprar pastillas de potencia Venda De Viagra Brasil La entrega de tabletas se produce en la normal imperceptible el sobre y se respeta la confidencialidad de la.

‘Boi Pavulagem é Boi do Mundo’ abre mês junino em Belém

Cinema

‘Boi Pavulagem é Boi do Mundo’ abre mês junino em Belém

Documentário de Úrsula Vida e Homero Flávio será exibido no site Amazônia Doc até o dia 30 de junho.
‘Boi Pavulagem é Boi do Mundo’ abre mês junino em Belém

Estreia nesta segunda, 1º de junho, na “Mostra Égua do Filme”, iniciativa do Amazônia Doc – Festival Pan Amazônico do Cinema, o documentário “Boi Pavulagem É Boi do Mundo”. O lançamento, nacional, será em ambiente virtual, pelo site www.amazoniadoc.com.br.

 

Dirigido por Úrsula Vidal e Homero Flávio, com realização da Abre-te Cérebro Produções, em coprodução da ZFilmes, a produção paraense, que chegou a ser exibida, em 2019, para um público restrito, ficará disponível na internet até dia 30 de junho, trazendo o universo encantado de tradições e fé de Cachoeira do Arari, no Marajó, e Bragança, nordeste paraense, mas também nutrido nas origens da cultura popular do Maranhão.

 

“Boi Pavulagem é Boi do Mundo” faz um mergulho lúdico e poético nos territórios de afeto e memória dos criadores do brinquedo, para contar a história de uma das maiores manifestações da cultura popular do Norte do Brasil.  “É um passeio pelas memórias afetivas de 2 personagens, compostas de lugares, imagens, símbolos e fluxos contínuos. Tem o tempo do pensamento, das elaborações sobre as complementariedades que formaram o grupo”, diz Úrsula Vidal, jornalista, realizadora e atual Secretária de Cultura do Estado.

 

A ideia de realizar um documentário sobre o Arraial do Pavulagem surgiu em 2015, a partir de um mini documentário feito com o músico Ronaldo Silva. Homero Flávio foi convidado a fazer o trabalho para o projeto “Sonora Pará”, da Cultura Rede de Comunicação, e acabou investindo os recursos numa viagem com o músico até Cachoeira do Arari.

 

Ele não nasceu lá, mas todas as suas raízes de mestre da cultura popular foram tecidas na sua infância vivida no Marajó. O material ficou extenso e muita coisa que não entrou no mini documentário de 5 minutos, está agora presente neste documentário, que ficou com 57 minutos”, diz Homero Flávio.

 

Mostra Égua do Filme - Lançada em abril deste ano, ela traz 42 produções paraenses em catálogo que podem ser vistas através do site do Amazônia Doc. O documentário de Úrsula e Homero será o 43º filme a entrar em exibição, em especial, até dia 30 de junho.

 

Arraial do Pavulagem - Tudo começou em 1986 quando o Arraial do Pavulagem surge como um grupo de música regional, formado pelos músicos Ronaldo Silva, Júnior Soares e Rui Baldez. No ano seguinte se expandiu para um cortejo realizado aos domingos na praça da República, em Belém. O cortejo cresceu, ganhou as ruas, virou um arrastão que, em 2003, também deu inicio ao Instituto Arraial do Pavulagem. Em 27 de junho de 2017, foi consagrado Patrimônio Cultural de Natureza Imaterial do município de Belém, reconhecimento pelo trabalho de difusão e fortalecimento da cultura brasileira praticada em nossa região.

 

Foto: Divulgação