Quiere comprar pastillas de potencia Venda De Viagra Brasil La entrega de tabletas se produce en la normal imperceptible el sobre y se respeta la confidencialidad de la.

Governo mostra dados de pesquisa sobre a Covid-19

Tv Cultura

Governo mostra dados de pesquisa sobre a Covid-19

A entrevista indica quantas pessoas já foram acometidas pelo novo coronavírus em todo Pará
Publicado em 31/07/2020
A entrevista indica quantas pessoas já foram acometidas pelo novo coronavírus em todo Pará
Foto em destaque

No final da manhã desta sexta-feira (31), o governador Helder Barbalho, com representantes da área da saúde e segurança pública, divulgaram dados da pesquisa epidemiológica e a porcentagem realizada em diversos municípios do Estado do Pará para saber quantas pessoas foram acometidas pelo novo coronavírus.

 

Segundo o professor Pedro Vasconcelos, da Universidade Estadual do Pará (UEPA), cerca de 70% da população de diversas regiões do Pará foram entrevistadas. Os dados mostram que de um em cada cinco pessoas foram positivas para a Covid-19. Ou seja, 1.344.000 milhão de pessoas já estão com anticorpos, o que mostra que grande parte já foi acometida pela doença. É o que mostra o exemplo abaixo:

 

Cerca de 63,3% da população está na área urbana; 36,7% na rural; 49,2% são do gênero masculino; 50,8 do gênero feminino e 10,2% têm mais de 60 anos de idade. A segunda etapa da pesquisa vai abranger mais de 59% dos municípios do Estado.

 

Neste momento o Estado do Pará conta com 78,5% da população negativa para a doença;  21% positivos e 0,5% inconclusivos; 32,1% estão na região metropolitana de Belém.

 

O governador ressalta que com esse resultado, pode se dizer que está havendo uma barreira de rebanho, mas que se aguarda a vacina para que todos sejam protegidos da melhor forma.

 

“Estamos com uma retaguarda suficiente para fazer o translado de pacientes para os hospitais de campanha ativos, se houver necessidade, já que o Hospital de Campanha de Breves finalizou suas atividades com os últimos três pacientes liberados. A equipe técnica já está trabalhando para a distribuição dos materiais de saúde que estavam no Hospital de Campanha de breves para o Hospital Regional do Tapajós”, confirmou o secretário de Saúde Pública, Rômulo Rodovalho.

 

No Marajó, no Nordeste e em Carajás, o bandeiramento está na cor amarela, que significa risco intermediário de contágio. Já nas demais regiões, estão com bandeiramento na cor laranja, com o risco médio de contágio, incluindo a Região Metropolitana de Belém.

 

“O momento é de cautela. A população tem exagerado na exposição. O governo orienta, mas cada cidadão é responsável pelos seus atos, para evitar uma exposição desnecessária e também para os usos de protocolos”, ressaltou Helder Barbalho.

 

Ualame Machado, secretário de Segurança do Estado confirmou que há equipes de segurança em 40 pontos, em conjunto com os Centros Integrados de Segurança. Cada região tem uma estratégia diferente, assim como cada prefeitura tem seu decreto municipal.

 

Foto: Jader Paes