Quiere comprar pastillas de potencia Venda De Viagra Brasil La entrega de tabletas se produce en la normal imperceptible el sobre y se respeta la confidencialidad de la.

Festival de Cinema Negro inicia em 25 de novembro

Festival de Cinema Negro inicia em 25 de novembro

Programação segue até 10 de dezembro
Foto em destaque

O ‘II Festival de Cinema Negro Zélia Amador de Deus’ possui o objetivo de discutir o racismo por meio do audiovisual e valorizar a produção de cinema realizada por afro-brasileiros, especialmente od da Região Amazônica. A programação ocorre de 25 de novembro a 10 de dezembro, com debates, premiação e exibição de filmes por meio do site.

 

A edição de 2020 homenageia a diretora e atriz de cinema Rosilene Cordeiro, que também é professora de teatro, performer, produtora e colaborou com o curso de Licenciatura em Teatro, da Escola de Teatro da Escola de Teatro e Dança da Universidade Federal do Pará (Etdufpa/UFPA).

 

O Festival recebeu 135 produções, com 56 da Região Amazônica e 79 de outras localidades do país. Foram 21 filmes de cineastas amazônicos escolhidos para concorrer ao prêmio Zélia Amador de Deus, nas categorias de ‘Clipe da Região Amazônica’, ‘Projeto para Web da Região Amazônica’, ‘Curta-Metragem da Região Amazônica’ e ‘Curta-Metragem Nacional’.

 

"O Festival parte de uma construção coletiva feita a partir de uma reunião de amigos artistas, cineastas e produtores culturais negros, que sentem em suas vidas a importância do cinema, o percebem como instrumento de mudança de mentalidades, incentivando práticas antirracistas e de valorização da produção artística afrodiáspórica e africana", conta Fernanda Vera Cruz, da curadoria e produção da iniciativa.

 

Foto: Divulgação