Quiere comprar pastillas de potencia Venda De Viagra Brasil La entrega de tabletas se produce en la normal imperceptible el sobre y se respeta la confidencialidad de la.

Rede Cultura produz documentário sobre carimbó

Imprensa

Rede Cultura produz documentário sobre carimbó

A exibição está prevista para março
Grupo Uirapuru

O saudoso mestre do carimbó Verequete pregava que carimbó nunca morre. Para comprovar a máxima a Rede Cultura do Pará vai mostrar a história de pessoas envolvidas com o mais paraense dos ritmos no documentário “Pau e Corda: histórias de carimbó”, que tem direção de Robson Fonseca e será exibido pela TV Cultura do Pará, em março, no programa ‘Cultura.DOC’. O documentário foi estruturado em uma espécie de road movie musical, filmado com tecnologia de alta definição (HD), em quatro cidades do nordeste paraense, onde a equipe foi atrás das histórias de grupos de carimbó. Para cada grupo, o diretor propôs a gravação de um vídeoclipe.

 

As gravações aconteceram em Belém, Santarém-Novo, Curuçá e Marapanim. Em Curuçá, a equipe foi recebida pelo grupo “Sabiá”, da vila de Araquaim. Em Santarém Novo, foi a vez dos “Quentes da Madrugada” serem os anfitriões. “O Uirapuru” encantou a equipe em Marapanim. E, em Belém, o “Sancari” fez a festa na rua Álvaro Adolfo, no bairro da Pedreira.

 

O documentário não busca contar a história antropológica do carimbó, mas sim, mostrar histórias de uma gente que mantém acesa a chama dessa cultura tão rica e singular na sua diversidade. “E como eu já tenho essa familiaridade com a linguagem do videoclipe, pensei que produzir vídeos com os grupos seria uma forma de homenageá-los e registrar a beleza das suas criações”, acrescenta Robson Fonseca.

 

Os personagens são pessoas simples como pescadores, lavradores, catadores de mariscos e crustáceos, camponeses, trabalhadores urbanos, devotos, ou seja, mostra uma cena múltipla e encantada pelos tambores. Além dos bate-papos, depoimentos e videoclipes, foram produzidos pequenos vídeos sobre temas diversos, vez ou outra, conectados com o contexto dos depoimentos, que trazem experiências e visões alternativas sobre a cultura do carimbó.

 

“Um dos filmetes apresenta o “carimbó de exportação” em um passeio turístico pela orla de Belém, outro evidencia o carimbó como fonte de pesquisa para outras linguagens artísticas, outro aborda a pesquisa do inventário do Carimbó, e por aí vai, de acordo com o contexto onde são inseridos”, explica o diretor.

 

“Pau e Corda: Histórias de Carimbó” é o primeiro documentário dirigido por Robson Fonseca, que dirige e apresenta o programa “Invasão”, da TV Cultura. A equipe dirigida por Robson tem André Mardock na direção de fotografia, Felipe Cortez na produção executiva, Gilberto Bessa na iluminação e Luis Fabiano no suporte de transporte.